domingo, 5 de agosto de 2012

CHÁ DE SOSSEGA LEÃO COM QUIETA O FACHO



http://3.bp.blogspot.com/-3dXWjG4Bzqs/T8Zv5H5gFGI/AAAAAAAABTM/wKLbaCiX79s/s400/causas-da-insonia-2.jpg




As crianças parecem ter uma energia sem fim. Isto até que é tranquilizador, pois enquanto permanecem em ação imagina-se quer estão bem, afinal qual se não este o motivo para os pediatras sempre perguntarem – ele está ativo? Para acompanhar o ritmo delas é preciso certo esforço físico e invariavelmente se chega ao pico antes mesmo que o pequeno esboce a mínima intenção de parar.  E sempre há aquele dia em que você está a fim de dar uma relaxada, beber um vinhozinho e assistir um bom filme. Quando esse dia começa você, cônscio de seu papel, dedica um tempo às crianças, engendra toda sorte de brincadeiras, corre feito louco, até que aquele dia se transforma numa noite e a galerinha não dá nem um bocejo. E o seu vinho lá te olhando, os queijinhos exalando um delicioso aroma e o tal do filme já na metade. Não! Os “embalos de sábado à noite” não podem se acabar assim!

Começa o cerco. Primeiro a sutileza – pergunta se não quer tirar um soninho, dá um jeito de vestir o pijama e oferece aquele leitinho quente. Nada! É preciso mais ênfase. Amanhã todo mundo que ir à praia? Para tanto vão ter que acordar cedo o que equivale a dizer que terão que dormir cedo, mais precisamente agora! Que hora mais imprópria para o noticiário apresentar a previsão do tempo – fortes pancadas de chuva. E criança se apega a cada detalhe! Hora de mudar a estratégia. Chega, já está na hora de dormir, para o banheiro escovar os dentes e cama!

Depois dessa canseira quem aguenta vinho, queijo ou filminho? A noite relaxante transformou-se numa noite de sono. Pena que ainda não se pode dormir. As crianças foram para a cama, mas não dormiram – é um tal de quero fazer xixi, mais um pouquinho de leite, vamos ler uma história.  Está na hora de ser rígido, não antes daquela vozinha pedir: “dorme comigo?” Ah, pedindo assim, quem aguenta? Deita na mini-cama, se espreme bem, encolhe bastante as pernas e decide que ficar imóvel é a melhor maneira delas finalmente se entregarem aos braços de Morfeu. Apenas não contava com o rolar na cama sem conciliar o sono. Criança sofre de insônia? Who knows?

Agora só restava a arma secreta - inventei um remedinho poderoso - o chá de sossega leão com quieta o facho. Se existisse seria bastante útil, mas a simples menção desse nome tão estranho e tão sugestivo apavorou a pequena audiência. Diante da mínima possibilidade de ter que beber tal iguaria o corre-corre foi grande. Dormir tornou-se excelente refúgio. Também, a aquela altura da madrugada!



5 comentários:

  1. Sossega! Pelo amor de Deus Sossega! Quando sossega, papai e mamãe estão mortinhos da silva! O que resta é dormir e se der sorte acordar de madrugada para fazer uma traquinagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sonhando... quem aguenta acordar de madrugada? kkkkkkk!

      Excluir
  2. Ahahahahahah Essas crianças rssss Sulita vc tá escrevendo cada vez melhor!!! Ah! Qto à traquinar, tem arranjar horários alternativos rssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os horários alternativos são inalcançáveis quando se está moído de cansaço!

      Excluir
  3. Nossa!!! Quanta identificação com o texto... E com os comentários, rsrsrsrsrsrsrs... Pois é Úrsula, antes nunca havia parado para pensar o que significava dizer "ser mãe é padecer no paraíso", só vivendo essa experiência para saber... Enfim, mas tudo se torna tão mágico quando olhamos para esses rostinhos, não é não?!

    ResponderExcluir